Futebol... Existe ainda?

por Marcial Salaverry

Está uma coisa muito, não sei se trágica ou cômica esta coisa de futebol. Tudo se resolve nos bastidores. Primeiro esta aberração chamada Copa João Havelange, com seu colorido todo, e os 5.431 clubes participantes, que ninguém sabe onde vai terminar, nem está muito interessado nisso. Agora, vamos, por partes, ver outras coisinhas divertidas :
  1. Flamengo. Dá pena ver um clube com a tradição do Flamengo, dirigido de maneira tão irresponsável. Lamentável o que o tal de Edmundo está fazendo. Compra jogadores a torto e a direito, sem ter dinheiro sequer para pagar débitos antigos. Ser despejado do Fla-Barra, é uma verdadeira aberração. Os jogadores que são vendidos ou emprestados para outros clubes, saem dando graças a Deus, pois seus salários e prêmios estão atrasados (e o clube segue anunciando contratações). Será que não cabe aí uma CPI para apurar o que se passa dentro do Flamengo ? Possivelmente o juiz Nicolau e o Eduardo Jorge estão lá dentro. E os novos contratados não podem jogar... Cômico, se não fosse trágico...
  2. Tabela do Copão. O Vasco do Euricão foi castigado,  pobrezinho. Foi obrigado a jogar nas três primeiras rodadas naquela campinho de São Januário...Enquanto outros clubes tinham que viajar quase o Brasil inteiro, o Vasquinho não precisou nem ir até ao Maracanã. Será que houve algum favorecimento nisso ? O que vocês acham ? O lindo, foi que o tiro saiu pela culatra, pois apesar da mutreta, o vasquinho perdeu um e empatou outro. Só conseguiu ganhar do Corinthians. Seria cômico, se não fosse trágico...
  3. Devido a montagem esdrúxula da tabela do Copão, diversos clubes estão sendo prejudicados, pois estão tendo que ceder jogadores para as Seleções Olímpica e Principal, sendo obrigados a jogar hiper-desfalcados. Basta ver a escalação de São Paulo e Flamengo para o jogo de hoje (12/08). Por motivo de convocações (e também pelos débitos antigos) aqueles que seriam a maior atração de um jogo entre os campeões paulista e carioca, não estarão presentes. É trágico, mesmo...
  4. Sempre é a mesma inhana. Nossos principais jogadores são vendidos para a Europa, e os motivos são os mesmos de sempre, ou seja, negociatas, que agora talvez sejam apuradas, dependendo do tamanho da PIZZA. Não é somente por falta de recursos que os craques são negociados, pois os clubes vendem, e depois tem que sair correndo, fazendo novas contratações.  Ora, se é para vender por 10, e depois ter que gastar 12 para cobrir a vaga, é ridículo. Outra coisa esquisita. Um clube europeu contrata um jogador brasileiro, ou argentino, ou uruguaio pela bagatela de 10 milhões e logo depois o revende por 30, 40 milhões...O que estaria errado aí ? O preço de venda seria mesmo 10 ? Ou houve algo por fora ? Realmente, se não fosse trágico, seria cômico...
  5. 5-Agora, finalmente algo sério. Trata-se da falha do lateral Rubens Cardoso do Santos, no jogo contra o São Paulo. Realmente, o garoto marcou bobeira, falhou.  Mas não é motivo para ser crucificado, nem banido do time, nem sequer vaiado sempre que  pegar na bola, pelo simples fato de sua falha ter originado um gol do adversário, pois, se o Fábio Simplício não tivesse sido rápido, e aproveitado a bobeira, tal falha teria passado despercebida. E os gols perdidos por Dodô, Edmundo, Renato, também foram falhas que não tiveram a mesma repercussão na torcida. É a mesma coisa uma falha que causa um gol, e uma falha que evita um gol a favor. recadinho para a torcida santista : o menino é bom de bola, e merece o respeito de todos. Afinal, qual jogador nunca falhou ?

line1.gif (910 bytes)