Parabéns Pelé

por Marcial Salaverry

Nosso grande Pelé está entrando para o seleto grupo dos sexagenários. Sem dúvida alguma, é o maior exemplo de atleta já visto. Como jogador, dispensa comentários. Chega a ser risível a tentativa de comparação que alguns outros tentam fazer. Pela categoria e pela classe como jogador, e como homem, quem chegou mais perto foi Johann Cruyiff. Comparar-se Maradona, Romário, Eusébio... Realmente, não dá. Nem como jogador e muito menos como pessoa. Não se pode fazer na vida pública, o mesmo que se faz na privada... E é exatamente isso que, por exemplo Maradona fez de sua vida. Só pode servir como exemplo de que NÃO deve ser um atleta. Nunca se pode esquecer que os jovens sempre procuram mirar-se nos ídolos como exemplo de vida. E Pelé sempre foi um exemplo a ser seguido. Como atleta cumpridor de suas obrigações com o clube que defendia. Nunca fugiu, nem de treinos, nem de concentrações. Nunca usou drogas. Sempre teve um enorme senso de responsabilidade. Quando chamado pela Seleção Brasileira, então, dava tudo de si, aliando à sua categoria incomparável como jogador, uma garra, uma disposição contagiantes. Enfim, um exemplo a ser seguido. Em sua vida particular, pouco se pode falar, pois nunca foi chegado a sensacionalismos. Nunca precisou de recursos extra-campo para se promover. Bastava entrar em campo e desfilar sua imensa categoria. PARABÉNS PELÉ. E, pela forma que ainda ostenta, espero renovar estes mesmos parabéns quando Pelé completar os 70, 80, 90 e 100 anos. line1.gif (910 bytes)