Carlão

por Marcial Salaverry

Novamente falo deste exemplo de atleta. Sem dúvida alguma, poucos atletas marcaram tanto sua passagem pelas quadras como este autêntico exemplo do que deve ser um atleta... um verdadeiro esportista.
Sua garra, sua disposição, além da qualidade de seu volei sempre foram fatores determinantes para as conquistas, inúmeras, em todas as equipes que tiveram de a sorte de contar com ele defendendo suas cores. Agora, pela Seleção Brasileira, é que Carlão sempre deu o melhor de si.
Muitas vezes contundido... chegou a jogar com o pé fraturado... não dá para aquilatar as dores que sentia, mas sua garra incomum não lhe permitia sentir tais dores. Incrível, mas é verdade.
Enfim, tudo o que se possa dizer deste símbolo da "geração dourada" do volei brasileiro... já foi dito... nada será novidade. Creio que nenhum apreciador de esporte em geral possa nunca ter ouvido falar dele.
Só quem sabe o que é uma hérnia de disco é que pode avaliar o porque de sua saída das quadras. Mas... amigo Carlão... o volei de praia, apesar de ser com as mãos... vai dar pé ? Vá lá que o impacto é menor na areia e o ritmo de treinamento também não é tão sacrificante... mas não seria melhor ficar do outro lado, usando sua influência e seus conhecimentos como técnico ou dirigente ?
Enfim... só me resta solicitar uma coisa ao Carlão... que ele faça algumas palestras com a Seleção Brasileira de Futebol, para ver se consegue ensinar àquela turma de "reizinhos" o que é GARRA, DEDICAÇÃO, AMOR À CAMISA.
Quem sabe, se um "Curso Carlão em 10 lições" faz aquela turma de acomodados que para jogar futebol é mais adequado um par de chuteiras do usar salto alto... faz com que eles aprendam a jogar também com disposição e determinação e não só com os nomes que têm. Quem sabe assim, a coisa melhora... Vai lá, Carlão, ensina para eles, por favor...

line1.gif (910 bytes)