Brasil ou Argentina

por Marcial Salaverry

José Trajano, um dos mais conceituados cronistas esportivos brasileiros, publicou no Lance de hoje (06/12) um artigo sobre a possível supremacia que os argentinos estão chamando para si atualmente, culminando com a possível escolha de Diego Maradona (aquele que voltou do pó...) como o melhor futebolista do século (para comentar sobre isso, primeiro tenho que parar de dar risadas).
Não vale a pena falar dos últimos resultados, que apontam nítida superioridade de nossas equipes sobre as argentinas. Não vale a pena falar da enorme quantidade de jogadores brasileiros contratados desde as maternidades pelas equipes européias. Quantas seleções podem ser formadas no Brasil? Quantas podem ser formadas na Argentina? A dificuldade no Brasil é convocar os certos, devido a grande quantidade de bons jogadores para cada posição. Lá, não há problemas, pois são sempre os mesmos... e não se encontra mais ninguém em condição de substituir os titulares...
Grandes ídolos, sempre tivemos tanto cá como lá... só que aqui, em maior número. Só existe num ponto, e este é crucial, que los "hermanitos" ganham, e com sobras... é quanto à seriedade com que os argentinos encaram decisões e principalmente seleções. Dão o máximo de si, mostram uma garra que chega às raias da violência, mas mostram amor à camisa, desde o mais modesto, até o mais badalado. E isso... nossos jogadores não mostram. Muitas vezes perdem decisões importantes (como as Olimpíadas, por exemplo), por salto alto e falta de garra, determinação que são os fatores que mais pesam em decisões. É por isso que comumente ocorrem as famosas "zebras" em jogos decisivos. O futebol, ao contrário do que apregoam, não é "uma caixinha de surpresas", mas sim a vitória dos determinados, daqueles que realmente querem vencer.
Quanto à suposta eleição de Maradona como o melhor do século... É risível... comparar-se maradona com PELÉ... Ocorre que foi uma votação feita via Internet. No Brasil quase não houve divulgação e na Argentina foi feita uma campanha, tipo resgate da honra nacional pela escolha do homem que veio do pó... e é fácil mobilizar-se argentinos... basta dizer que é contra brasileiros...

line1.gif (910 bytes)