Seleção?

por Daniel Seabra

Alô, alô Felipão, aqui quem fala é da Terra. É, meus amigos, dá até pra plagiar a música de Rita Lee. Não é possível que o nosso querido Felipão está assistindo aos mesmos jogos que eu. Basta uma passadinha rápida pelo brasileirão pra vermos Allan Delon, artilheiro do Vitória da Bahia, Rodrigo, goleador do Botafogo do Rio, Kaká, a maior revelação do tricolor do Morumbi nos últimos tempos. Além é claro do grande meio campista Zinho, o tetracampeão mundial, do Grêmio, do lateral esquerdo Serginho, outro do São Paulo e do grande Marques, ídolo máximo da torcida do galo mineiro.
Por que esses jogadores não conseguem uma oportunidade na seleção do Felipão? Não é possível que eles estão em um nível abaixo ao de Eduardo Costa (inexplicável convocação), Élber, Rivaldo, Roberto Carlos, Cafu, Dida (totalmente sem ritmo de jogo). No campeonato brasileiro presenciamos belas jogadas, gols maravilhosos, contrastando, e muito, com as ridículas atuações dos nossos cabeças de bagre da seleção.
Por que a comissão técnica da seleção não dispensou o jogador Ronaldo, da Inter de Milão, sem que ele tivesse que sair da Itália? Não, ele veio ao Brasil, foi para Curitiba, se apresentou, mesmo quando todos sabiam que ele não se encontrava bem, foi examinado pelos médicos da seleção e só aí foi dispensado. Será que o nosso treinador não sabe que existe um aparelho que se chama telefone? Ou fax? Ou será que a nossa CBF ainda não está na era da internet?
O Brasil vai enfrentar uma seleção chilena que está caindo pelas tabelas, só na frente da fraquíssima Venezuela. Mas essa seleção chilena, que somente escolheu seu novo treinador há poucos dias, já nos venceu. E de goleada ainda por cima, 3 a 0. Em um ponto nós podemos confiar, o jogo será no Paraná. A torcida paranaense, além de muito civilizada, é uma torcida fanática pelo futebol. Tenho certeza que dará apoio total à seleção durante toda a partida.
Tenho certeza, também, que vamos para a Copa do Mundo de 2002, mas e aí. Vamos continuar atuando com essa seleção de cabeças de bagre? Tudo bem que o futebol do resto do mundo evoluiu, mas olhando bem para o Campeonato Brasileiro, nós também evoluímos, só falta o Sr. Luís Felipe Escolari observar isso.

line1.gif (910 bytes)